| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL GUARABIRA
Desde: 19/10/2008      Publicadas: 1050      Atualização: 29/03/2016

Capa |  AGENDA  |  ARTE  |  ARTIGOS  |  ARTISTAS  |  ATUALIDADE  |  AUTOMÓVEL  |  BAIRROS  |  BREJO  |  CIÊNCIA & TECNOLOGIA  |  CINEMA  |  COLUNISTAS  |  CONCURSOS  |  CRÔNICAS  |  CULTURA  |  CURSOS  |  DICAS  |  ECONOMIA  |  EDITORIAL  |  EDUCAÇÃO  |  ESPECIAL  |  ESPORTES  |  FESTAS  |  FOTOS GBA  |  GUARABIRA  |  JUSTIÇA & DIREITO  |  MEIO AMBIENTE  |  MÚSICA  |  NBNG  |  OBRAS/LANÇAMENTO  |  OPINIÃO  |  PARAÍBA  |  POLÍTICA  |  REGIÃO METROPOLITANA GUARABIRA  |  RELIGIÃO  |  SAÚDE  |  SERVIÇOS  |  SOCIAL  |  TURISMO  |  VESTIBULAR  |  VISITAS


 ESPECIAL
  05/12/2008
  1 comentário(s)


CIDADES DA REGIÃO: A CIDADE DE BELÉM SE DESENVOLVE ENTRE IMPORTANTES MUNICÍPIOS COMO PIRPIRITUBA E BANANEIRAS
Gengibre. Este era o nome do pequeno povoado, no formato de uma cruz, que deu origem a cidade de Belém, no final do século XIX, onde se amontoou as primeiras residências e casebres, ao lado da estrada de barro que fazia a ligação entre as localidades mais próximas. Essa denominação, possivelmente, era por causa da grande quantidade dessa planta na região.
CIDADES DA REGIÃO: A CIDADE DE BELÉM SE DESENVOLVE ENTRE IMPORTANTES MUNICÍPIOS COMO PIRPIRITUBA E BANANEIRAS
Localizada na meso-região do agreste e micro-região de Guarabira, Belém fica no ponto central do Brejo da Paraíba, a 123 km da capital João Pessoa, e limita-se com os municípios de Pirpirituba, Caiçara, Bananeiras, Sertãozinho e Serra da Raiz. A temperatura média anual oscila em torno de 25 graus; a vegetação existente é a mata úmida de altitude e a mata subcalussifolia.
Gengibre. Este era o nome do pequeno povoado, no formato de uma cruz, que deu origem a cidade de Belém, no final do século XIX, onde se amontoou as primeiras residências e casebres, ao lado da estrada de barro que fazia a ligação entre as localidades mais próximas. Essa denominação, possivelmente, era por causa da grande quantidade dessa planta na região.
Ainda no final do século XIX, chegou a Gengibre o imigrante José Pereira. Ele edificou um pequeno hotel que servia de hospedaria para os transeuntes que passavam em direção às feiras dos povoados vizinhos. Esse comerciante foi quem ergueu a primeira capela. Além de José Pereira, Antônio da Cunha Rego, José Tomaz Pedrosa, João Fernandes Madruga e Antônio Targino Pessoa são lembrados como os primeiros moradores (colonizadores) deste município.
Conforme certidão datada de janeiro/1935, de Joel Baptista da Fonseca, tabellião e official do Registro de Imóveis do Termo de Guarabira, o Padre José Tavares Bezerra doou, em 1871, uma parte das terras para a Capela Nossa Senhora da Conceição do povoado de Belém. A construção da nova Igreja, com a mesma nomenclatura, teve início em 1914, sob a responsabilidade do senhor José Pereira. A inauguração ocorreu em 24 de fevereiro de 1934.
Entre os anos 1917/1918, o comerciante José Pereira convidou os frades capuchinhos (Frei Herculano e Frei Martinho) para realizar as Santas Missões. Depois de observar a realidade local, os missionários alertaram, durante as pregações, que havia muita briga e confusão entre os habitantes. Sugeriram, então, a mudança do nome de Gengibre, que é uma planta ardente, por outro mais suave. Acreditavam que isso ajudaria a mudar o comportamento agressivo das pessoas.
A partir daí surgiu Belém, que significa "casa de pão", nome manso e pacífico que faz referência à cidade onde Jesus Cristo nasceu. Alguns também fazem analogia à figura de Jesus, pelo fato da localização ser bem próxima a uma serra chamada de Pedra do Cordeiro.
Nas divisões administrativas do Brasil, em 1937, a cidade figurou como Distrito de Caiçara, tendo sido modificada, anos depois, para Belém de Guarabira. Com o decreto lei estadual 520 de 31 de dezembro de 1943, que estabeleceu o partilhamento administrativo para o qüinqüênio 1944-48, Belém ganhou o nome de Curimataú. Esta mudança permaneceu até 1949, quando por meio da lei 318 de 7 de janeiro, fixou-se a divisão (1946-53), tendo passado novamente a se chamar Belém de Caiçara.
Até 1944 Belém era apenas um distrito de Caiçara, sem muita importância, contando somente com as ruas do Sossego, Paraguai, Gameleira e da Empresa, que se cruzavam entre si, formando a configuração de uma cruz. Em 1945, com o surgimento da estrada ligando João Pessoa/Natal, a localidade foi adquirindo relevância, por se tornar base de apoio para viajantes. A conseqüência disso foi o surgimento de inúmeras casas comerciais, postos de gasolina, hotéis, etc.
No governo de José Américo de Almeida (1954), devido a grande seca que assolava a região, Belém foi agraciada com verbas emergenciais para a construção do açude tribofe. No ano de 1955, o mesmo governante instalou o grupo escolar Felinto Elísio. A feira livre do município, realizada sempre as segundas-feiras, foi criada no princípio de existência do povoado e permanece até hoje com extenso movimento, que consegue atrair populares de toda região.

HISTÓRIA POLÍTICA DE BELÉM - A história política de Belém teve início com o movimento pró-emancipação política do município, ocorrido em 1954, liderado pelo senhores José Tomaz Emiliano, Henrique Rodrigues, José Brasiliano da Costa, Manuel Xavier de Carvalho, Luiz Gomes de Lima, Vicente Cadó, Manoel Miguel de Azevedo e Cláudio Cantalice Viana.
Eles conseguiram reunir 2.120 nomes num abaixo-assinado que foi entregues ao deputado estadual da época " Humberto Lucena, que elaborou um projeto de lei reivindicando a emancipação política de Belém, que até o momento pertencia a Caiçara. A proposta, encaminhada à mesa diretora da Assembléia Legislativa em 2 de abril/1956, foi derrotada por uma articulação comandada pelo deputado Severino Ismael da Costa. O parlamentar, radicalmente contra a desvinculação, tinha ligações políticas e familiares com a cidade de Caiçara.
Após a rejeição do projeto, os belenenses começaram a sofrer perseguições, como transferências de funcionários públicos, cobranças irregulares do fisco a comerciantes e outras, mas o espírito de luta e o desejo de ver Belém independente foi maior. Um segundo abaixo-assinado foi entregue a Humberto Lucena, por ocasião da visita a amigos naquela localidade.
Na segunda legislatura, o deputado tratou de elaborar um segundo projeto. Teve o apoio de outros parlamentares, inclusive do senador Rui Carneiro, que chegou a intervir para que a bancada desse voto favorável à emancipação política, e mesmo assim a proposta foi retirada de pauta seis vezes.
De acordo com depoimento do Dr. Manuel Xavier de Carvalho, em 25 de janeiro de 2006, no início Severino Ismael era adversário político e contra a emancipação, mas, no decorrer do tempo, passou a ser um homem compreensivo e aberto ao diálogo, acatando a idéia e tendo ele mesmo apresentado projeto de autonomia na Assembléia Legislativa, que foi aprovado por seu pares e sancionado pelo governador Flávio Ribeiro Coutinho.
A semana da pátria de 1957 estava próxima. O então governador Flávio Ribeiro Coutinho convocou, por intermédio do deputado Severino Ismael, a sociedade de Belém para no dia 6 de setembro, daquele ano, conceder a emancipação política a Belém, através da lei 1.752. No seu discurso, o chefe do executivo estadual disse que dos distritos que elevou à categoria de cidade, só uma vez o fez com grande orgulho que foi Belém, pois quando ainda era estudante passava férias na casa do Sr. Clóvis Cruz.
Integraram a comitiva governamental na estada em Belém os deputados Clóvis Bezerra, Severino Ismael, Joacil de Brito e Dudu Emiliano.

Foto: http://www.flogao.com.br/belempb/foto/004/48177356
  Autor:   Texto pesquisado em http://www.belem.pb.gov.br/.


  Mais notícias da seção Brejo no caderno ESPECIAL
10/01/2009 - Brejo - VÁRIAS FESTAS POPULARES ACONTECEM NA REGIÃO DE GUARABIRA. PILÕEZINHOS, MARI E ARAÇAGI TERÃO FESTIVIDADES NOS PRÓXIMOS DIAS DE JANEIRO
Várias festividades populares estão acontecendo na região polarizada por Guarabira e demais regiões circunvizinhas. Janeiro é mês de festas, principalmente de padroeiros, em alguns municípios, como Pilõezinhos, Guarabira e Araçagi....



Capa |  AGENDA  |  ARTE  |  ARTIGOS  |  ARTISTAS  |  ATUALIDADE  |  AUTOMÓVEL  |  BAIRROS  |  BREJO  |  CIÊNCIA & TECNOLOGIA  |  CINEMA  |  COLUNISTAS  |  CONCURSOS  |  CRÔNICAS  |  CULTURA  |  CURSOS  |  DICAS  |  ECONOMIA  |  EDITORIAL  |  EDUCAÇÃO  |  ESPECIAL  |  ESPORTES  |  FESTAS  |  FOTOS GBA  |  GUARABIRA  |  JUSTIÇA & DIREITO  |  MEIO AMBIENTE  |  MÚSICA  |  NBNG  |  OBRAS/LANÇAMENTO  |  OPINIÃO  |  PARAÍBA  |  POLÍTICA  |  REGIÃO METROPOLITANA GUARABIRA  |  RELIGIÃO  |  SAÚDE  |  SERVIÇOS  |  SOCIAL  |  TURISMO  |  VESTIBULAR  |  VISITAS
Busca em

  
1050 Notícias


BREJO
  Paraíba
  AREIA: SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

ARTE
  Local
  EXPOSIÇÃO DE ARTES VISUAIS

SAÚDE
  Paraíba
  CÍRCULO DO CORAÇÃO ATENDE NA PB

TURISMO
  Paraíba
  CAMINHOS DO FRIO 2013

AGENDA
  Local
  CONTATO

AUTOMÓVEL
  Local
  CNH COMEÇA DIA 2 DE FEVEREIRO EM GUARABIRA

ARTISTAS
  Local
  LUÍS FIRMINO, O ESCULTOR

FOTOS GBA
  Local
  ENTRADA DO NORDESTE

VISITAS
  Nacional
  OBRIGADO PELA VISITA

CIÊNCIA & TECNOLOGIA
  Nacional
  PRÊMIO JOVEM CIENTISTA 2013

CRÔNICAS
  Local
  TEXTOS DIVULGADOS NA 104,9 MHZ

FESTAS
  FESTA DA LUZ
  2013: PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

JUSTIÇA & DIREITO
  Local
  CURSO DE DIREITO DE GUARABIRA ESTÁ ENTRE OS MELHORES DO BRASIL

CINEMA
  Paraíba
  FEST ARUANDA ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS NA PARAÍBA

ECONOMIA
  Local
  Sítio Caboclo de Guarabira realiza feira

MEIO AMBIENTE
  Nacional
  CONFERÊNCIA NACIONAL

RELIGIÃO
  Local
  5 ANOS DE NOMEAÇÃO EPISCOPAL

ESPORTES
  Paraíba
  CAMPINENSE NA COPA PARAÍBA

MÚSICA
  Local
  ROBERTO SHOW NA FINAL DO FORRÓ FEST 2011

GUARABIRA
  Local
  JOÃO COSTA PROCURA FAMILIARES EM GBA

ATUALIDADE
  Local
  ENQUETE

BAIRROS
  Local
  ACESSO NORDESTE E ESPLANADA

EDUCAÇÃO
  Paraíba
  PRÊMIO GESTÃO ESCOLAR 2013

PARAÍBA
  Paraíba
  BAÍA DA TRAÍÇÃO: EROSÃO MARINHA

CULTURA
  Local
  3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA

SOCIAL
  Local
  MARCELO E RUBÊNIA

ARTIGOS
  Equipe JG
  DOIS ANOS DE PISO PELO BRASIL

DICAS
  Nacional
  PRÊMIO BETINHO ATITUDE CIDADÃ 2009

CONCURSOS
  Paraíba
  TÉCNICO DA UEPB

POLÍTICA
  Local
  POSSE DO PREFEITO ZENÓBIO TOSCANO

SERVIÇOS
  Local
  GUARABIRA ATUAL

OPINIÃO
  Artigo
  AS FRONTEIRAS DO CASAL

EDITORIAL
  Equipe JG
  PROJETO JORNAL GUARABIRA

COLUNISTAS
  Local
  ANDRÉ FILHO EM PROSA & VERSO

NBNG
  Local
  ANDRÉ FIHO ENTREVISTA HUMBERTO SANTOS

VESTIBULAR
  Paraíba
  PSS/UFPB: CALENDÁRIOS DE PROVAS